CONCURSO TRT-SP: ASSINADO CONTRATO COM A FUNDAÇÃO CARLOS CHAGAS. EDITAL AINDA EM ABRIL

Concurso oferecerá vagas para técnico (nível médio) e analista (nível superior), com iniciais de até R$ 11.890,83
Agora é oficial: o Tribunal Regional do Trabalho do Estado de São Paulo (TRT 2ª Região), com sede na capital paulista, assinou contrato com a Fundação Carlos Chagas (FCC), que será a banca responsável pelo seu novo concurso público. A decisão já havia sido anunciada por meio de publicação no Diário Oficial Eletrônico da Justiça do Trabalho no dia 8 de março.
TRT 2 anuncia que realizará concurso ainda este mês
Além disso, em uma publicação em sua página no Facebook, o TRT-SP informou que o edital do concurso para técnicos e analistas judiciários será publicado ainda em abril.

AUTORIZAÇÃO CONCURSO TRT-SP

Vale lembrar que, além do concurso TRT-SP estar autorizado desde o fim do ano passado, recentemente, o Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT) autorizou a contratação de 83 novos servidores para o TRT-SP. Desse total, 35 vagas (18 para analista e 17 para técnico) são para contratações ainda primeiro semestre de 2018 e as outras 48 (25 para analistas e 23 para técnicos) para admissões até o fim do ano.

VAGAS E REMUNERAÇÕES

Independentemente do número inicial de vagas, o Tribunal Regional do Trabalho do Estado de São Paulo tem o costume de realizar muitas contratações em seus concursos. Exemplo disso é o último concurso TRT SP, que foi realizado em 2013 e contou com uma oferta inicial de 329 vagas. Até o momento, 1.639 candidatos aprovados já foram convocados (o prazo de validade do concurso expira em 17 de junho).
A remuneração para técnicos, que exige apenas ensino médio ou técnico, dependendo da área de especialização, chega a R$ 7.592,53. Analistas recebem até R$ 11.890,82 e, nesse caso, a exigência é o ensino superior completo.

REAJUSTES

Em decorrência da lei 13.371, de 21 de julho de 2016, tanto a carreira de técnico judiciário como a de analista judiciário contarão com mais três reajustes, em junho de 2018, novembro de 2018 e janeiro de 2019.

Técnico Judiciário (exceto Segurança)

• Remuneração atual: R$ 7.592,53
• Junho / 2018: R$ 7.746,73
• Novembro / 2018: R$ 7.946,21
• Janeiro / 2019: R$ 8.475,37

Técnico em segurança e transporte

• Remuneração atual: R$ 8.650,18
• Junho / 2018: R$ 8.814,26
• Novembro / 2018: R$ 9.041,62
• Janeiro / 2019: R$ 9.582,44

 Analista Judiciário

• Remuneração atual: R$ 11.890,83
• Junho / 2018: R$ 12.143,81
• Novembro / 2018: R$ 12.500,61
• Janeiro / 2019: R$ 13.339,30

JURISDIÇÃO TRT 2ª REGIÃO

TRT 2 é responsável por cuidar dos problemas trabalhistas de mais de 40 cidades do Estado, entre elas a capital. Além de São Paulo, o TRT 2 abrange ainda municípios do Grande ABC, como Santo André e São Bernardo, litoral (de Bertioga a Praia Grande) e interior (Cotia, Mogi das Cruzes e outras).

ÚLTIMO CONCURSO TRT-SP

concurso TRT 2 em validade é para o preenchimento de 329 vagas, além de formar cadastro reserva de pessoal. Até julho deste ano, 1.574 servidores já foram nomeados, um quantitativo bem superior ao número de vagas iniciais.
As oportunidades de ensino médio foram para técnicos nas áreas administrativa (190 vagas), área administrativa – especialidade segurança (29), área apoio especializado – especialidade tecnologia da informação (09) e área de apoio especializado – especialidade enfermagem (02).
Para analistas, as opções foram para a área judiciária (62), área administrativa (02), área judiciária – especialidade oficial de justiça avaliador federal (10), área apoio especializado – especialidade tecnologia da informação (11), área apoio especializado – especialidade medicina (cadastro), área apoio especializado – especialidade medicina do trabalho (01), área apoio especializado –  especialidade psicologia (01), área apoio especializado -especialidade enfermagem (02) , área apoio especializado – especialidade arquivologia (01) e área apoio especializado – especialidade engenharia (02).
O processo seletivo foi organizado pela Fundação Carlos Chagas e contou com provas objetivas de Conhecimentos Gerais e Específicos e, para a maioria das áreas, foi necessária também a elaboração de uma redação.
2018-04-24T13:46:14+00:00